Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
História e Perfil

Hospitais São Camilo

Lorem ipsum dolor sit amet,
consectetur adpiscing elit.

História e Perfil

​​​​​​​​​​​​​​​​Quando aportaram no Brasil pela primeira vez, em 1922, os religiosos camilianos se instalaram no bairro paulistano de Vila Pompeia. Liderados pelo padre Inocente Radrizzani, tinham como principal propósito construir no país uma obra que observasse, com fidelidade, os princípios estabelecidos pelo fundador daquela ordem religiosa, São Camilo de Lellis (1550-1614), sintetizados no respeito e na valorização da vida e da saúde.

Essa finalidade está descrita logo no primeiro parágrafo do Estatuto da Sociedade Beneficente São Camilo: “Prestar assistência à saúde a quantos demandarem os seus serviços, sem distinção de qualquer natureza no que se refere a nacionalidade, raça, credo político e religioso”. O documento, que orienta todas as ações da instituição, também assegura a gratuidade, quando houver necessidade. Isso significa que os conceitos de acolhimento, humanização do atendimento médico-hospitalar e universalidade da atenção à saúde, atualmente tão valorizados e desejados, estão presentes nas ações da instituição desde os seus primórdios e fazem parte de seus pilares fundamentais.​

Tendo como base esses princípios e objetivos, logo após a chegada ao bairro da Pompeia, o padre Inocente Radrizzani implantou o Consultório Médico São Camilo, um pequeno centro de assistência à população carente do bairro, onde o atendimento era feito por médicos voluntários.​​ ​Um grupo de mulheres da comunidade, co​nhecido como as Damas de São Camilo, se empenhava na busca de donativos para a manutenção dessa obra. Com o apoio dessas dedicadas mulheres, que em pouco tempo formaram uma extensa rede de doadores, foi possível sonhar ainda mais longe. Dessa forma, em 1935 foi inaugurada a Policlínica São Camilo, localizada na avenida Pompeia.

A Policlínica viria a dar lugar ao Hospital São Camilo Pompeia, inaugurado no dia 23 de janeiro de 1960, o primeiro hospital dos camilianos no Brasil e hoje reconhecido como referência em atendimento de qualidade na cidade de São Paulo. Uma das características que possibilitou alcançar essa posição foi a competência de seus dirigentes em conciliar a preservação dos valores humanos e caridosos que fundamentaram a sua implantação com a permanente incorporação dos avanços científicos e tecnológicos.

Para exemplificar a capacidade de acompanhar o progresso em benefício da saúde, em maio de 2007, quando o ensino a distância ainda experimentava seus primeiros movimentos, uma cirurgia realizada no Centro Cirúrgico do Hospital São Camilo foi transmitida ao vivo durante o 16º Congresso Internacional de Cirurgia Endoscópica, que acontecia no México.

Projetado em 1956 para ser o hospital do Ministério da Aeronáutica e inaugurado oficialmente em 3 de março de 1979, o Hospital São Camilo Santana foi vendido à Prefeitura de São Paulo em 1974 e, três anos depois, transferido em comodato para a Sociedade Beneficente São Camilo, que o adquiriu em agosto de 2015.

Em nossa história a terceira unidade incorporada à Rede, o Hospital São Camilo Ipiranga, foi inaugurada como Hospital Leão XIII em janeiro de 1948 pelo então Círculo Social do Ipiranga. No dia 19 de fevereiro de 2000, os religiosos camilianos assumiram o Círculo Social do Ipiranga e, consequentemente, também o hospital, que passou a ser gerido por eles.

Atualmente, as três unidades da Rede de Hospitais São Camilo possuem no total mais de 750 leitos, contam com uma equipe profissional de cerca de 5 mil colaboradores (entre as áreas administrativas e assistenciais) e aproximadamente 3.800 médicos cadastrados. Os recursos provenientes dos serviços prestados por essas três unidades permitem subsidiar as atividades dos 33 hospitais administrados pela Sociedade Beneficente São Camilo e que oferecem atendimento público.