Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
  •  
  • > Sua Saúde Agradece > Pronto Socorro ou Ambulatório: você sabe qual deles é o mais indicado para seu caso?
Blog São Camilo

Ver mais

PS ou Ambulatório: você sabe qual deles é o mais indicado para seu caso?

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: Dicas de Saúde
 

Durante todo o ano, mas principalmente no inverno, os prontos-socorros ficam lotados. A demanda aumenta por conta de problemas respiratórios e alérgicos, além de casos que poderiam esperar por uma consulta médica. Mas como saber qual serviço procurar? Dr. Rafael Moraes, Coordenador Médico no Pronto-Socorro do Hospital São Camilo, Unidade Pompeia, dá dicas de como usufruir melhor destes dois tipos de serviços médicos. Lembrando que situações com risco à vida devem ser tratadas no Pronto-Socorro e já aquelas doenças mais crônicas podem ser direcionadas para o ambulatório.

"As pessoas devem procurar por um Pronto-Socorro em todos os casos de urgência e emergência, ou seja, em todas as situações de condições denominadas agudas. Pode ser um sintoma novo como uma dor no peito, dor de cabeça ou uma falta de ar súbita em pessoas com problemas respiratórios, por exemplo. Qualquer sintoma diferente, de início súbito, deve ser primeiramente investigado no Pronto-Socorro para que sejam descartadas patologias mais graves com risco à vida. Em todas estas situações é necessário procurar um Pronto-Socorro para que a equipe médica faça o rápido diagnóstico e tratamento adequado para os problemas de saúde", orienta o médico.

Já os casos de doenças crônicas de evolução lenta e duração prolongada, podem ser tratados e direcionados para ambulatórios e consultas médicas. Nos ambulatórios também são atendidos os casos de doenças que ainda estejam em investigação, mas que já foram descartados riscos à vida em relação aos sintomas apresentados. Geralmente, após uma consulta no Pronto-Socorro, as pessoas são orientadas a realizarem exames de imagem e laboratoriais e então encaminhadas para continuação da investigação e do tratamento nas consultas nos centro médicos.

"É muito comum as pessoas procurarem o Pronto-Socorro apenas para realização de exames de rotina. Porém,  o trabalho da equipe de plantão no PS deve ser o de orientação e direcionamento dos pacientes para continuação do tratamento nos centro médicos ambulatoriais. A consulta de Pronto-Socorro é direcionada para a queixa principal do paciente e os exames solicitados visam ao alívio dos sintomas e eliminação de problemas que causem risco à vida das pessoas", explica dr. Rafael.

É importante lembrar que os profissionais são treinados para a rápida identificação e tratamento dos problemas graves, e esta agilidade pode ser interpretada como falta de atenção. O papel de um serviço de Urgência e Emergência deve ser o de tratar rapidamente os pacientes, além de direcioná-los corretamente para o tratamento integral  nos ambulatórios médicos. 

Diferenças entre Urgência e Emergência e casos mais comuns

Urgência: quando ocorrem situações imprevistas de agravamento da saúde, com ou sem risco potencial à vida, sendo necessária assistência médica imediata. Está ligada a percepção de bem-estar do próprio paciente. Os casos mais comuns são sintomas respiratórios como gripes, dor de cabeça, sinusites, tosse, dor de garganta e também sintomas gastrointestinais como dor de barriga, náuseas e vômitos.

Emergência: constatação médica de agravamento da saúde com risco iminente de vida ou  sofrimento  intenso. Está ligada a percepção médica. Os casos mais graves atendidos estão relacionados à traumatismos como acidentes, fraturas e quedas, problemas cardíacos como o infarto e problemas neurológicos como o acidente vascular cerebral, mais conhecido como derrame.

Lembre-se:

- Ao identificar alguma urgência ou emergência de saúde procure imediatamente um Pronto-Socorro.

- Geralmente a consulta de Pronto-Socorro é direcionada para alívio imediato dos sintomas e identificação do risco à vida sendo que, muitas vezes, não há possibilidade de retorno e acompanhamento com o mesmo médico que fez o primeiro atendimento.

- Considera-se importante a criação de vínculo e confiança entre o paciente e o médico para que os problemas crônicos sejam investigados e tratados mais rapidamente e de maneira geral e completa.

- Para o atendimento de rotina, a consulta ambulatorial é o melhor ambiente para acompanhamento e investigação minuciosa dos problemas de saúde.