Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
  •  
  • > Imprensa > Brasil soma mais de nove mil cirurgias robóticas
Blog São Camilo

Imprensa

Releases

Brasil soma mais de nove mil cirurgias robóticas

Técnica que opera com robô é mais indicada para urologia, principalmente o câncer de próstata


A cirurgia robótica revolucionou a medicina ao oferecer uma técnica mais segura e menos invasiva para o paciente. No país, o Robô Da Vinci XI é o aparelho utilizado para as operações principalmente nas áreas de urologia, gastroenterologia e ginecologia, já somando mais de nove mil procedimentos.

Segundo o Dr. Adriano Cardoso Pinto, urologista da Rede de Hospitais São Camilo de SP, a cirurgia robótica mais comum é da área de urologia com mais de cinco mil procedimentos, sendo que 80%  é para o tratamento do câncer de próstata. "A prostatectomia, que é a retirada da próstata seja por câncer ou não, pode ser realizada com baixo risco de sequelas para o homem. O resultado é possível graças à incisão minimamente invasiva das pinças do robô que oferece benefícios como menor sangramento, grau de dor, tempo de internação e melhor recuperação no pós-operatório, que é mais rápido e menos doloroso", conta.

O Robô Da Vinci XI funciona a partir de um console, onde o médico controla o procedimento e tem a imagem da região que será operada em 3D, além da mesa específica acoplada no equipamento, que facilita o movimento e diminui o tempo cirúrgico. Para o especialista, a tecnologia é capaz de trazer detalhes que não seriam percebidos a olho nu. "Na cirurgia convencional, o médico conta com o campo de visão do corte, já com a pinça e lente de aumento, que faz uma rotação mais ampla que o punho humano de 90°, mostra uma riqueza de detalhes que melhora o desempenho da operação", detalha o urologista do Hospital São Camilo.

Além do câncer de próstata, o médico explica que a cirurgia robótica pode ser indicada também para retiradas de tumores e má formação congênita no rim, como o estreitamento do ureter (canal) na área da urologia. Para a cirurgia geral visa os diagnósticos de hérnias, colicistectomia - retirada da vesícula - e gastroplastia, a redução do estômago, e na ginecologia, na retirada de útero, ovário e tratamento da endometriose.

De acordo com o INCA, Instituto Nacional de Câncer, o câncer de próstata Brasil é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

 


Rede de Hospitais São Camilo 

A Rede de Hospitais São Camilo é composta por quatro hospitais modernos em São Paulo. Três ficam nos bairros da Pompeia, Santana e Ipiranga, capacitados para atendimentos eletivos, de emergência e cirurgias de alta complexidade, como transplantes de medula óssea. A quarta Unidade, recém-incorporada à Rede, na Granja Viana, recebe 24 horas por dia, pacientes em reabilitação com doenças crônicas ou em cuidados continuados e paliativos. Os serviços contam com equipe interdisciplinar que contempla as áreas de Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição Clínica, Serviço Social, Farmácia, Capelania, Psicologia, Hemoterapia, Radiodiagnóstico e Exames Laboratoriais. Em infraestrutura, apresenta a unidade semi-intensiva, sala para hemodiálise e exames diagnósticos. Em 2019, oferecerá as atividades de centro médico com consultas e medicina diagnóstica para todas as idades. Já em 2020, se transformará em hospital geral incluindo o atendimento de urgência e emergência. Excelência médica, qualidade diferenciada no atendimento, segurança, humanização e expertise em gestão hospitalar são os principais pilares de atuação. Hoje, a Rede de Hospitais São Camilo presta atendimento em mais de 60 especialidades, oferece ao todo 736 leitos e um quadro clínico de mais de 3,7 mil médicos qualificados. As unidades possuem importantes acreditações internacionais, como a Joint Commission International (JCI), renomada acreditadora dos Estados Unidos reconhecida mundialmente no setor e a Acreditação Internacional Canadense. A Rede de Hospitais São Camilo faz parte da Sociedade Beneficente São Camilo, uma das entidades que compreende a Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos), uma entidade religiosa presente em mais de 30 países, fundada pelo italiano Camilo de Lellis, há mais de 400 anos. No Brasil, desde 1928, a Rede conta com expertise e a tradição em saúde e gestão hospitalar.

Informações à imprensa: Máquina Cohn & Wolfe

Imprensa.saocamilo@maquinacohnwolfe.com

+55 11 2972 8090 | +55 11 3147 7920/7418 


Fonte: Assessoria de Imprensa