Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
  •  
  • >
  • Sua Saúde Agradece
Blog São Camilo

Últimas Postagens

Saúde da Mulher: Por que realizar exames periódicos

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: Saúde da Mulher

Você sabia que muitas mulheres não realizam os exames preventivos regularmente? Dados da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica e do IBGE apontam que 52% das mulheres não fazem o Papanicolau anualmente e 40% não estão em dia com a mamografia. Com a pandemia, esses números pioraram. Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, os exames de mamografia caíram 75% em 2020.  
    
A detecção precoce de alterações no colo do útero ou de um tumor na mama permitem a realização de tratamentos mais seguros e com maiores chances de cura.     
    
O Centro de Saúde da Mulher do Hospital São Camilo está pronto para atender mulheres de todas as idades. O espaço reúne profissionais de várias especialidades e todos os recursos necessários para o atendimento integral e acompanhamento preventivo da saúde da mulher.     
  

Serviços disponíveis

Consultas médicas:    

Ginecologia
Mastologia 
    

Exames laboratoriais:  

Papanicolau
Mamotomia  
  

Exames de imagem:  

Ultrassom 
Ultrassom Doppler
Mamografia
Densitometria Óssea
Tomografia Computadorizada
Ressonância Magnética de Pelve
Ressonância Magnética de Mamas
Colposcopia/ Vulvoscopia
Histeroscopia Diagnóstica

Central de Marcação Online: https://saocamilo.centraldemarcacao.com.br
Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800


Infográfico câncer de próstata

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: Saúde do Homem

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo câncer mais comum entre os homens (dados do INCA - Instituto Nacional do Câncer).

Com evolução silenciosa em sua fase inicial, os tumores muitas vezes não apresentam nenhum sintoma. Consultar-se com o urologista regularmente e realizar exames preventivos é única forma de garantir diagnóstico precoce e assim, melhores chances de cura.  

Reunimos tudo o que você precisa saber sobre Câncer de Próstata em um infográfico. Confira abaixo:


Câncer-de-Próstata01.png

Se descolorir, é só colorir

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

Parte da programação da 1ª Semana de Pediatria da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, a Webinar “Oficina Aquarela”, realizada on-line e de modo totalmente gratuito, irá ensinar a arte de colorir e nos motivar a repensar quais momentos descoloriram durante a pandemia. Você é convidado a colorir conosco!

A aula será ministrada por Marcela Lima, criadora do perfil do Instagram @JardimSecretoInspire.

Acesse o link e participe! https://bit.ly/370XFPF

Baixe o e imprima o material que será utilizado na aula pelo link abaixo:

 
se_descolorir_e_so_colorir.pdf

Se há algo comum a toda mulher gestante é a ansiedade, especialmente quando se é mãe de primeira viagem. Quais transformações o corpo sofrerá? A amamentação vai doer? Parto natural, normal ou cesariana? 

Pensando no bem-estar das colaboradoras grávidas e lactantes, a Rede de Hospitais São Camilo mantém desde 2018 o “Programa Gerar”. Um espaço onde as mulheres podem dividir suas inseguranças, alegrias e dúvidas sobre a gravidez, puerpério e amamentação. 

Mariana Martins Roberto, psicóloga do trabalho e coordenadora do programa, acrescenta que as colaboradoras também recebem acompanhamento do pré-natal e contam com o apoio da segurança do trabalho “a Segurança do Trabalho, por sua vez, é incumbida de avaliar os riscos ambientais de cada uma delas", completa Mariana. 

Os encontros ocorrem nas três unidades da Rede em dois períodos, no entanto, em razão da situação atual de pandemia, tiveram que ser suspensos. Apesar disso, gestantes seguem recebendo acompanhamento e orientações da Medicina e da Segurança do Trabalho.

Com o “Programa Gerar”, a Rede de Hospitais São Camilo reforça seu compromisso com a valorização da vida e o bem-estar das colaboradoras, oferecendo acolhimento e suporte em um período tão especial de suas vidas.

Você sabe o que é a Doença da Válvula do Coração?

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

​Você já ouviu falar na doença da válvula do coração? Na verdade, não é uma única doença. Ocorre quando as válvulas que existem no coração não funcionam muito bem.

Válvulas

De acordo com o Dr. Paulo Pêgo, cardiologista atuante na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, as válvulas do coração têm função de regular o fluxo do sanguíneo, fazendo com que o sangue bombeado siga pelos vasos ou camadas corretas do coração, evitando que fluam no sentido oposto. 

Nosso coração tem quatro válvulas. Dua do lado direito e duas do lado esquerdo. São elas:
  • Lado esquerdo:
  • - Válvula Mitral
  • - Válvula Aórtica

Lado direito:
- Válvula Tricúspide
- Válvula Pulmonar

Causas da doença 
As disfunções nas válvulas do coração podem ter várias causas:
- Febre reumática
- Aneurismas de aorta
- Doenças degenerativas
- Sífilis
- Envelhecimento

Sintomas

Na fase inicial a doença é assintomática ou pouco sintomática. Com o passar do tempo a doença sobrecarrega o coração, o que pode levar a sintomas de insuficiência cardíaca, variando de acordo com a válvula afetada.

Quando alguma válvula da direita (tricúspide ou pulmonar) é afetada, os sintomas mais comuns são:
- Inchaço de veias
- Fígado inchado
- Barriga inchada
 
Quando alguma válvula do lado esquerdo (aórtica ou mitral) é afetada, o principal sintoma é falta de ar.

Tratamentos

Quando os sintomas são leves, o tratamento é realizado com medicamentos. Quando a doença está avançada, pode ser necessária a realização de uma cirurgia.

Cirurgia

Em alguns casos é possível fazer uma correção da válvula por meio de uma plástica. Há casos em que é necessário a substituição da válvula. Existes dois tipos de válvulas usadas em cirurgias:

- Mecânica: prótese artificial que tem grande durabilidade, mas torna necessário o uso de medicamentos anticoagulantes para o resto da vida.
- Biológica: Válvula retirada de porco ou boi. Dispensa o uso contínuo de anticoagulante, mas tem durabilidade que varia de 12 a 15 anos, sendo necessária a troca depois desse período.

O Conselho Federal de Medicina recomenda a realização de cirurgias bariátricas e metabólicas durante a pandemia.

A pandemia levou muitos pacientes a adiarem seus tratamentos. Mas há muitos casos que a saúde não pode esperar! Considerando que a obesidade e diabetes são fatores de risco para a Covid-19, o Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou no dia 21 de maio uma recomendação para pacientes com indicação de cirurgia bariátrica e metabólica darem seguimento ao procedimento, mesmo durante a pandemia.

 As cirurgias bariátrica e metabólica são opções de tratamento da obesidade e diabetes, respectivamente, quando há riscos e outras doenças associadas.

A obesidade e diabetes são dois fatores de risco para agravamento da Covid-19, especialmente quando associadas a hipertensão e problemas respiratórios.

 A decisão de seguir com o tratamento deve ser realizada entre médico e paciente, considerando os riscos e benefícios de cada caso. A recomendação do CFM indica que, para minimizar riscos, a cirurgia deve ser feita preferencialmente em instituições que desenvolveram adaptações para a situação de pandemia e criaram fluxos para pacientes infectados e suspeitos de Covid-19, totalmente separados dos demais.

 A Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo reforça seu compromisso em oferecer excelência assistencial. Para tanto, adequou fluxos separando casos suspeitos e confirmados de Covid-19 dos demais, desde a entrada até a alta. Setores, profissionais e equipamentos para procedimentos são exclusivos. Todos que entram no hospital passam por rigorosa triagem para verificar febre e sintomas gripais.

 Pacientes candidatos a cirurgias ainda contam com outras medidas de proteção, como teste para detecção de Covid-19 e outras orientações a serem detalhadas por médico e equipe responsável.

Essas adequações permitem aos hospitais da Rede continuarem oferecendo consultas, exames e cirurgias com segurança e conforto.​
 
Para agendar sua consulta, clique aqui​

Conheça a trajetória de São Camilo de Lellis

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

Hoje, 14 de julho, é o dia de São Camilo de Lellis, santo padroeiro da Rede de Hospitais São Camilo, que dedicou sua vida a cuidar dos enfermos e os mais necessitados.

O carisma, o amor ao próximo e a fé na vida são valores que, ensinados por São Camilo, cultivamos todos os dias na Rede. 

Conheça a trajetória de São Camilo de Lellis em nosso infográfico.

info_vida_São_Camilo2.png 

Hipotireoidismo pode causar obesidade?

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

O hipotireoidismo é uma doença crônica caracterizada pela redução na produção do hormônio tireoidiano, produzido pela glândula tireoide, localizada no pescoço. Esse hormônio atua em praticamente todo o organismo, sendo responsável por regular o metabolismo. Por consequência, com sua redução, o metabolismo desacelera.
Existem variadas causas para o hipotireoidismo, sendo a principal uma doença autoimune chamada Tireoidite de Hashimoto ou Tireoidite Autoimune. 

Sintomas

Os sintomas mais comuns do hipotireoidismo são:
- Cansaço
- Intolerância ao frio
- Constipação
- Pele seca
- Aumento do fluxo menstrual
Os sintomas podem variar, de pacientes assintomáticos a quadros mais graves.

Hipotireoidismo pode levar a obesidade?

De acordo com Renata Scalco, endocrinologista atuante na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, o hipotireoidismo não leva a obesidade. No entanto, por desacelerar o metabolismo, o portador de hipotireoidismo tem mais dificuldade de emagrecer quando ganha peso. 

Tratamento

O tratamento do hipotireoidismo é feito com reposição do hormônio tireoidiano, geralmente por toda a vida.

​​​De forma a garantir rapidez e proporcionar o melhor cuidado para seus pacientes, a Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo realiza os testes PCR Real Time, Teste Rápido Sorológico, teste Sorologia - Anticorpos totais para detecção da Covid-19, Sorologia Quantitativa para SARS-CoV-2 (IgM e IgG) e Sorologia Quantitativa para SARS-CoV-2 (IgA e IgG). 


As coletas para realização dos exames estão disponíveis nas três Unidades da Rede; Pompeia, Santana e Ipiranga. 

 

Atendimento:

Segunda a sexta-feira das 7h às 18h;

Sábados das 7h às 13h.

 

Confira a tabela de preços:


Teste

Como funciona

Prazo para resultado

Preço

PCR Real Time

Teste PCR Real Time: detecta a presença do vírus no corpo do paciente através da coletada de material da garganta e do nariz.

5 dias úteis

R$ 244,00

Teste Rápido Sorológico

Teste imunológico capaz de detectar os níveis de anticorpos através de uma amostra de sangue, indicando se o paciente já teve contato com o vírus.

6h

R$ 200,00

Sorologia -  Anticorpos totais

Teste imunológico capaz de detectar os níveis de anticorpos através de uma amostra de sangue, indicando se o paciente já teve contato com o vírus. Mais preciso que o teste rápido

24h

R$ 200,00

Sorologia Quantitativa para SARS-CoV-2 (IgM e IgG)

Teste imunológico capaz de detectar os níveis de anticorpos através de uma amostra de sangue, indicando se o paciente já teve contato com o vírus. Mais preciso que o teste rápido

5 dias úteis

R$ 287,00

Sorologia Quantitativa para SARS-CoV-2 (IgA e IgG)

Teste imunológico capaz de detectar os níveis de anticorpos através de uma amostra de sangue, indicando se o paciente já teve contato com o vírus. Mais preciso que o teste rápido

5 dias úteis

R$ 287,00

 


19 de maio - Dia Mundial de Combate à Hepatite

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

​Hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser aguda ou crônica, a depender do tempo de infecção. As mais comuns no Brasil são as hepatites virais do tipo A, B e C. Existem ainda os tipos virais D e E, pouco comuns no país.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre 1999 e 2018 foram registrados mais de 600 mil casos de hepatites virais no país. A prevalência de cada uma varia de região para região.

Sintomas​

Os sintomas de hepatite podem variar. Os mais comuns são dor abdominal, náuseas, vômitos, febre, perda de apetite, icterícia (amarelamento da pele e olhos), urina escura e fezes claras.  Algumas hepatites podem evoluir de forma assintomática.

Hepatite A

Está associada a baixas condições de saneamento. Pode ser transmitida pelo consumo de água ou alimentos mal cozidos contaminados, ou por falta de higiene adequada.

Pode ser prevenida por vacina, hábitos de higiene e saneamento básico.

Não existe um tratamento específico. Geralmente melhora após algumas semanas. Cerca de 1% dos casos pode evoluir para forma grave, necessitando de transplante de fígado.

Hepatite B​

​Aguda ou crônica, podendo​evoluir sem sintomas. Transmitida por via sexual​, por contato com sangue contaminado ​ou da mãe para o bebê, durante a gestação ou parto. Pode ser prevenida por vacina específica, pelo uso de preservativo nas relações sexuais e pelo não compartilhamento de objetos de uso pessoal como lâminas de barbear, material de manicure e pedicure.

Pode ser controlada por uso de medicamentos, evitando uma possível evolução para cirrose ou câncer.

Hepatite C​

Aguda ou crônica, pode​ndo evoluir sem sintomas. Transmitida por contato com sangue contaminado, da mãe para o bebê durante a gestação ou parto ou por via sexual. Pode ser prevenida pelo não compartilhamento de objetos de uso pessoal como lâminas de barbear, material de manicure e pedicure e pelo uso de preservativo nas relações sexuais.

Não existe vacina específica para a doença. No entanto, o tratamento medicamentoso pode curar até 90% dos casos.

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: