Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
  •  
  • >
  • Sua Saúde Agradece
Blog São Camilo

Agosto 2019

Estilos de vida inadequados podem ser gatilhos de câncer em idosos

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

O câncer é uma doença de causa desconhecida, porém, há fatores que podem colaborar para o seu desenvolvimento. No caso dos idosos, os tumores são majoritariamente originados por maus hábitos e estilos de vida inadequados ao longo dos anos. 

Quem tem mais de 65 anos é 11 vezes mais propenso a desenvolver uma doença cancerígena do que pessoas com idade inferior, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

De acordo com a Dra. Aline Thomaz, Geriatra atuante na Rede de Hospitais São Camilo SP, com o avanço da idade e após ter vivido por décadas no sedentarismo, alimentação não saudável – principalmente rica em carne vermelha – e práticas como fumo e bebidas alcoólicas, aumentam as chances do surgimento do câncer.

Veja os principais sintomas que podem direcionar a suspeita de câncer na terceira idade:

 

·         Emagrecimento inexplicado.

·         Falta de apetite.

·         Alteração do hábito intestinal (diarreia ou constipação).

·         Perda de sangue pelas fezes.

·         Cansaço excessivo.

·         Palidez ou pele amarelada.

 

Quanto mais rápido for diagnosticado o câncer, maior será a probabilidade de um tratamento eficaz. Para isso, a Geriatra recomenda visitas médicas regulares para o monitoramento contínuo de doenças crônicas como a hipertensão, diabetes, osteoporose, entre outras.

Outra recomendação é estabelecer estratégias precisas para o tratamento do câncer, com o objetivo de priorizar pela qualidade de vida a partir do trabalho em conjunto de uma equipe multidisciplinar, são eles: geriatra, oncologista, cirurgião, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, nutricionista, odontólogo, assistente social e farmacêutico clínico.

Além disso, estudos comprovam que a forma como a pessoa recebe o diagnóstico de câncer faz enorme diferença em sua aderência ao tratamento. O acolhimento é fundamental, uma vez que em casos avançados, os cuidados paliativos podem ser a única alternativa.​​

4 práticas para dormir melhor

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

Para usufruir um sono saudável e reparador é necessário praticar pequenos hábitos diários, que começam muito antes de encostar a cabeça no travesseiro. Mas antes é preciso entender: o que caracteriza uma boa noite de sono?

 

O Dr. Edson Issamu, neurologista atuante na Rede São Camilo SP, explica que o sono é dividido em duas fases distintas: o sono inicial, também definido como sono não REM (Rapid Eyes Movement), e o sono profundo, conhecido como sono REM. "Durante a noite, estas fases se alternam em ciclos, ocorrendo de 4 a 6 vezes por noite.  A situação de reparação das energias acontece mais na fase do sono REM, que é a fase também onde ocorre os sonhos" esclarece.

 

Já o número de horas necessárias de sono depende de cada pessoa "Algumas pessoas podem ficar bem com 4 horas de sono. Outras precisam de 10 horas. Em média, as pessoas necessitam de 8 horas de sono para boa recuperação física e mental" observa o Dr Issamu.

 

Para que a fase do sono REM ocorra sem diminuição ou interrupções, o neurologista recomenda algumas práticas. Confira:

 

Mantenha a disciplina!

Durma e acorde nos mesmos horários. Tente não oscilar muito no fim de semana. Isto causa ordenação cerebral adequada para que o cérebro também seja condicionado aos momentos de repouso e reparação.

 

Cuidado com a música calma e a luz baixa

Um bom sono deve ser realizado em um lugar calmo, silencioso, totalmente escuro, livre de luzes intermitentes e com temperatura agradável. Deve-se evitar dormir com aparelhos eletrônicos ligados, como televisão, música ou luzes, mesmo que em baixa intensidade. Esta situação cria dificuldades para o cérebro entrar no sono REM, diminuindo a eficiência da reparação física e mental.

 

Prepare seu corpo 1h antes!

Diminua as luzes e sons da casa, tome um chá calmante, leia por 15 minutos, medite ou faça uma atividade relaxante. Isto vai preparando a atividade cerebral e bioquímica para o repouso, facilitando o sono e não perturbando o sono REM.

 

Evite ingerir alimentos de difícil digestão, bebidas estimulantes e alcoólicas

Estas substâncias causam estimulação cerebral excessiva, em um momento onde a atividade cerebral deve ser reduzida e repousada.

 

DICA EXTRA: cuidado com o uso medicações para dormir, sem recomendação médica

Estas medicações causam uma sensação mais rápida de sonolência. Porém, reduzem a eficiência do sono REM, causando então um efeito contrário ao desejado. O sono acaba sendo mais curto e em menor qualidade. Outro efeito adverso durante o uso indiscriminado a longo prazo, é o surgimento de dependência química.

 

Consequências das noites mal dormidas

Curto prazo

Declínio da atividade intelectual imediata, lentidão cognitiva e irritabilidade. 

 

Médio prazo

Aumento do nível de estresse, perturbações comportamentais, alterações físicas como mudanças na pressão arterial e frequência cardíaca.

 

Longo prazo

Aumento da chance de ocorrer doenças cerebrovasculares como AVE/AVC, aumento da chance de desenvolver quadro de demência e risco de doenças cardiovasculares como o infarto.​

Melhorar a postura é a melhor maneira de prevenir dores na coluna

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:

Para ficar livre dos problemas de coluna é necessária uma reeducação completa da postura; este cuidado é muito importante para melhorar a qualidade de vida e evitar problemas que podem surgir com o avanço da idade.

O Dr. Marco Aurélio, ortopedista atuante na Rede São Camilo SP, pontuou alguns problemas decorrentes e relacionados a má postura. Confira:

Agravar a Artrose (Desgaste das articulações)
A má postura pode levar ao desalinhamento da coluna ou dos joelhos, o que pode aumentar o estresse nas articulações.  Isso pode ser particularmente prejudicial se você sofre de artrite nos joelhos, pois com o tempo, esse desalinhamento pode piorar os efeitos da artrose.

Dificultar a Circulação
Quando você se senta o dia todo com má postura, você está impedindo o seu corpo de obter a circulação mínima de que ele necessita. Este hábito, aparentemente inofensivo, pode colaborar para surgimento de varizes, um risco que as mulheres têm maior propensão a ter.

Fadiga
A má postura pode afetar negativamente o seu nível de energia. Quando a postura não está adequada, acrescentamos tensão e compressão a estruturas que não foram feitas para suportar esse peso. Essas tensões se acumulam com o tempo e desgastam nossos ossos, articulações e ligamentos.

Dores de cabeça
Má postura pode contribuir com dores de cabeça. A tensão do pescoço contraído compromete a curvatura natural da coluna, levando à chamada cefaleia tensional.

Eficácia respiratória
Seu diafragma precisa ter espaço suficiente na cavidade torácica, para liberar e contrair adequadamente cada respiração. Sua capacidade de respirar de forma otimizada é aumentada quando o corpo está alongado e em alinhamento adequado. Má postura e desalinhamento da coluna podem comprometer sua capacidade de respirar bem.

Mas é possível reduzir as chances de problemas nesta área do corpo com alguns hábitos no dia a dia. Anote mais algumas dicas do Dr. Marco Aurélio:

  • Se alimente de forma equilibrada para manter o peso corporal dentro de uma faixa saudável.
  • Faça exercícios regularmente para manter os músculos das costas fortes e flexíveis.
  • Evite ficar sentado por tempo prolongado.
  • Mantenha uma boa postura quando estiver sentado.
  • Use técnicas adequadas para se levantar (levante com as pernas, ao invés das costas).
  • Evite flexões e torções frequentes. Especialmente dobrar, torcer e levantar ao mesmo tempo (ex. movimento para escavar a areia).
  • Durma o suficiente para o descanso do seu corpo.
  • Evite fumar.

Caso sinta dores constantes, procure um médico especialista

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: