Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
Blog São Camilo

Ver mais

Bem-estar feminino em jogo

Autor: Comunicação Corporativa Categoria: Dicas de Saúde, Saúde da Mulher, Curiosidades
Hábitos saudáveis e prevenção de doenças trazem longevidade às mulheres de todas as idades

Mente sã e corpo são. É assim que a saúde da mulher deve caminhar como fator que vai garantir sua longevidade. O médico, por sua vez, tem papel importante e funciona como um orientador de hábitos saudáveis. “Desde a concepção vamos ao obstetra para acompanhamento do pré-natal. Depois, é necessária a visita ao pediatra durante a infância e puberdade. Após a primeira menstruação, a mulher deve procurar o ginecologista, com visitas anuais”, afirma a ginecologista no Hospital São Camilo, Cintia Pereira.

A prevenção é a melhor aliada da mulher, evitando tanto doenças benignas quanto malignas. As benignas podem ser dor pélvica, que pode estar relacionada a um processo infeccioso; vulvovaginites, conhecidas como corrimento
vaginal por conta de desequilíbrio da flora vaginal; miomatose uterina, mais comum em mulheres negras e que não engravidaram; cistos ovarianos, como a síndrome dos ovários policísticos, que pode determinar alterações no ciclo hormonal ; endometriose, principal causa de esterilidade; ou infecção pelo vírus HPV, que pode ser assintomática ou os subtipos mais agressivos, que trazem lesões no colo do útero, podendo evoluir para um câncer.

Malignas

Dados do Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva (Inca) mostram que em 2016 a estimativa é de 57.960 casos de câncer de mama. “A prevenção é a arma mais eficaz, desde o autoexame até a realização de exames preventivos”, afirma a ginecologista.

Já o câncer de colo de útero acomete mulheres entre 40 e 60 anos e tem uma evolução lenta. Está relacionado aos
hábitos de fumar, abuso de álcool e múltiplos parceiros. Seu causador é o HPV e o diagnóstico precoce significa
100% de chance de cura.

Há ainda o câncer de corpo uterino, mais frequente após a menopausa e o câncer de ovário, o tipo mais raro e difícil de ser diagnosticado.

EXAMES DE ROTINA

Dos 20 aos 40 anos

✓ Ultrassom de tireóide: Identifica cistos, nódulos e tumores.
✓ Ultrassom de mamas: Detecta cistos, nódulos e tumores.
✓ Papanicolau: Verifica infecções e alterações nas células do colo do útero e previne o câncer. Deve ser
feito anualmente um ano depois do início da atividade sexual. 
✓ Colposcopia/ Vulvoscopia/ pesquisa de HPV de colo: Previne infecções causadas pelo vírus HPV e outras DSTs.
✓ Ultrassom transvaginal: Detecta cistos no ovário, miomas, pólipos endometriais, endometriose e tumores,
além de prevenir ou detectar câncer de endométrio e ovário. 

Todos os exames citados devem ser feitos anualmente ou de acordo com o pedido do médico.

Depois dos 40

✓Mamografia anual: A primeira deve ser feita entre 35 e 40 anos, para prevenir ou detectar o câncer de mama. Depois, anualmente.
​✓Densitometria Óssea: Mede a densidade dos ossos e a possível perda de massa óssea, além de prevenir ou detectar a osteoporose. Em mulheres, o exame deve ser feito anualmente após a menopausa.