Internet - São Camilo
  • Marcação de Consulta e Exames: (11) 3172-6800
Hospital São Camilo
Blog São Camilo

Ver mais

Conjuntivite alérgica é mais comum na primavera

Autor: Comunicação Corporativa Categoria:
Conjuntivite alérgica é mais comum na primavera

Com a chegada da primavera é comum o aumento de casos de conjuntivite alérgica. Quando as flores se abrem e as cidades se colorem, alérgicos sentem ardência nos olhos em decorrência do pólen disperso no ar.

O pólen é um pozinho fino produzido pelas flores e tem função na reprodução das plantas. Ele se dispersa pelo vento, especialmente no período da manhã e no fim de tarde.

A doença
A conjuntivite é a inflamação da membrana que reveste e protege os olhos, chamada conjuntiva. As principais variedades da doença são a conjuntivite bacteriana, a viral e a alérgica.  "A conjuntivite alérgica é pontual e mais comum nessa época do ano. Entretanto, é mais simples de ser combatida", explica Renata Rabelo, oftalmologista atuante na Rede de Hospitais São Camilo.

Sintomas
Os principais sintomas da conjuntivite alérgica são:
- Olhos vermelhos
- Lacrimejamento
- Irritação nos olhos


Pode ocorrer ainda, em alguns casos:
- Inchaço nas pálpebras
- Sensibilidade à luz
- Visão embaçada

O tratamento é feito com soro fisiológico e colírios e pode durar de 5 a 15 dias.

Prevenção
Algumas dicas elencadas pela Dra. Renata Rabelo, podem ajudar você a se prevenir desta doença. São elas:

- Realize a limpeza dos olhos e do nariz com soro fisiológico
- Evite coçar os olhos
- Lave as mãos com frequência, uma vez que elas são agentes transmissores de vírus e bactérias
- Feche as janelas no início da manhã e no final da tarde
- Evite secar suas roupas ao ar livre
- Troque com mais frequência as toalhas de rosto, lençóis e fronhas​